Quem Somos

A Associação São Joaquim

A iniciativa nasceu em 2006, fruto do desejo do Sr. Alberto Srur (próximo de completar 80 anos) e sua esposa Aida Srur, de contribuir para o bem-estar físico e sócio- cultural de pessoas durante o processo de envelhecimento. A filha do casal, Monica Rosales, fundou então a Associação São Joaquim. Monica e o grupo de co-fundadores ampliaram o olhar para o ser humano integral, integrando corpo, alma e espírito, fundamentados na  visão do homem através da Antroposofia  e da Salutogênese. D. Aida e Alberto Srur tornaram-se os patronos da iniciativa nos seus primórdios, criando um fundo patrimonial para a Associação.

O objetivo do trabalho é oportunizar a socialização, o fortalecimento de vínculos, a manutenção da autonomia, a valorização e a garantia de direitos das pessoas idosas. A metodologia adotada é inspirada na Salutogênese e na Antroposofia, visando o desenvolvimento integral do ser humano:  cabeça (pensar), coração (sentir) e mãos (agir).  

A Associação oferece serviço de convivência e fortalecimento de vínculos para 320 pessoas idosas de Carapicuíba-SP, promovendo a oportunidade de sair do isolamento e conquistar o desenvolvimento pessoal. Contribui para o envelhecimento digno e para a valorização do idoso, colaborando para que exerça sua cidadania e possa atuar como força integradora no meio em que vive. A Associação atua pela garantia de direitos das pessoas idosas no município.

O Centro de Convivência apoia o idoso para além de um coletivo homogêneo e genérico da velhice, mas em sua individualidade e subjetividade e em toda a sua complexidade. Nossa metodologia visa integrar e proporcionar vida plena à maturidade.

O grupo de pessoas atendidas no Centro de Convivência conta com acolhimento multiprofissional, diálogo individualizado para acolhimento de necessidades e acompanhamento dos casos. O plano de trabalho inclui a Agenda Anual com palestras, festas, bailes, passeios e saraus e um cronograma semanal de atividades. No cronograma semanal é oferecido um conjunto de atividades divididas por blocos (Físicas, Manuais, Artísticas, Cognitivas, Autoconhecimento, Socialização, Celebração, Inter geracional). Os usuários são estimulados a participar de atividades pertencentes a distintos blocos, visando o desenvolvimento integral dos beneficiários.

A socialização, o fortalecimento de vínculos, o senso de inclusão e pertencimento são metas que permeiam todas as atividades. As atividades sociais como festas e vivências das épocas do ano, saraus, passeios e apresentações artísticas coroam o programa como um todo, incluindo familiares, parceiros e apoiadores. 
.

Com isso, colaboramos para evitar o isolamento e outros riscos sociais, de forma que as pessoas longevas possam compartilhar sua sabedoria, exercer sua cidadania e atuar como força integradora no meio em que vivem.

O trabalho é de grande relevância para a melhoria da qualidade de vida das pessoas idosas no município. A Associação São Joaquim tem se tornado uma referência de Centro de Convivência para a maturidade ativa no Brasil, fonte de inspiração para profissionais de áreas afins e comunidades.

Clique aqui para conhecer o Plano de Ação para enfrentamento da crise de sáude

A CONVIVÊNCIA EM TEMPOS DE DISTANCIAMENTO

Dançando a Vida – Cartas viram arte em encontro de gerações

“Tão importante quanto ser lembrado
após a morte, o homem deve ser
respeitado durante sua vida.”

Alberto Srur

Como Atuamos

Apoiar a velhice em suas várias dimensões, de forma integral, é um grande desafio no universo cultural em que vivemos hoje. 

Valorizar o idoso em toda a sua potência de vida significa ir na contramão de uma sociedade que supervaloriza o jovem, o consumo imediato e as relações superficiais. 

A imagem cultural do velho em contraposição ao jovem e ao produtivo, empurra muitas vezes o idoso a um estado de vulnerabilidade social, originada pelo isolamento e pela perda de vínculos de pertencimento. É uma exclusão social que expõe o idoso à perda econômica, à pobreza, à perda de cidadania, à violação dos direitos, à perda de relações afetivas e sociais e ao declínio da saúde física e mental.

Os brasileiros com mais de 60 anos representam 8,6% da população. De acordo com texto de Humberto Costa para a Apresentação do Estatuto do Idoso (LEI No 10.741, DE 1o. DE OUTUBRO DE 2003), o aumento da longevidade e a redução das taxas de mortalidade nas últimas décadas do século passado mudaram o perfil demográfico do Brasil e o envelhecimento tornou-se questão fundamental para as políticas públicas. A atenção precisa se voltar para políticas que promovam saúde e contribuam para a manutenção da autonomia.

Em resposta, o Programa Centro de Convivência da Associação São Joaquim é desenhado de forma a contribuir para a manutenção da autonomia, para o envelhecimento ativo e para valorização e garantia de direitos dos usuários, visando a apoiar o atendimento da crescente demanda desta natureza e atuar preventivamente, diminuindo a necessidade de atendimento nos sistemas de saúde no futuro.

O Programa como um todo, sobretudo, dá acesso ao lazer e ao convívio social, oferecendo atividades físicas, manuais, cognitivas, artísticas e culturais; além de passeios, festas, bailes e palestras.

A metodologia é baseada na antroposofia e no conceito de salutogênese (forças que geram saúde) e visa contemplar as especificidades relacionadas às necessidades e interesses individuais e de cada fase do envelhecimento. Por meio da escuta individual das demandas específicas realiza-se a elaboração do prontuário dos usuários atendidos, instrumento de registro do diagnóstico e para acompanhamento dos objetivos do atendimento. No diálogo entre a demanda do idoso e o reconhecimento da sua área de maior vulnerabilidade, são recomendadas atividades (por eixos) que possam contribuir para sua socialização e para o desenvolvimento pessoal, de acordo com a tabela:

DIRETORIA:

Diretor Presidente:

Mônica Rosales

Diretor Vice Presidente:

Simone Spadafora

Diretor Administrativo

Tania Cristina Santos Matos

 

CONSELHO FISCAL:

Delano Marques

Luciana Cesar Leo

 

CONSELHO CONSULTIVO:

Barbara S. Nogueira

Claudia Cabanis Johnsen

Eleonora Sampaio Caselato

Heloiza Helena de Lucca

Maria Aparecida Maroti

Maria Lúcia D’Andrea de Andrade

 

Estatuto Social

Estatuto Social Sao Joaquim

Visão

Amadurecer é reconhecer a vida.

Missão

Valorizar, por meio da convivência criativa, a história e o desenvolvimento de cada ser humano.

Valores

- Cuidado;
- Respeito;
- Amorosidade;
- Transparência;
- Alegria;
- Criatividade;
- Espiritualidade;

Newsletter

Gostaria de ficar por dentro das novidades da Associação São Joaquim? Preencha os campos ao lado e receba nossa newsletter.

Nossos Parceiros

Selo e Prêmio

(11) 4186-0520 | Estrada João Fasoli, 701 - Jardim Marilu, Carapicuíba-SP - CEP 06343000 | saojoaquim@saojoaquim.org.br

  • Instagram
  • YouTube
  • Facebook
  • Twitter