Entenda como funciona o Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal

cadastro

 

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal é uma junção de informações sobre determinadas famílias brasileiras em situação de pobreza ou extrema pobreza. Esses dados são coletados pelo governo e reúnem informações como: identificação da pessoa, características da residência, situação de renda e trabalho, escolaridade, entre outros.

Para se cadastrar, é preciso que a família de baixa renda ganhe até meio salário mínimo por pessoa, ou até 3 salários mínimos de renda mensal total. Após a inscrição, as pessoas cadastradas recebem um número chamado NIS – Número de Identificação Social.

Uma pessoa da família (RF- Responsável pela Unidade Familiar), deverá se responsabilizar, comprometer-se a passar informações idôneas e atualizar o cadastro sempre que preciso. O RF deve ter no mínimo 16 anos e procurar o setor responsável pelo Cadastro Único ou pelo Bolsa Família na cidade que reside. Caso o responsável não saiba o local de cadastramento, o mesmo pode procurar o Centro de Referência de Assistência Social – CRAS.

Para a realização do cadastro deverão ser apresentados os seguintes documentos: RG, CPF, Título de eleitor, Carteira de Trabalho, comprovante de endereço (preferencialmente conta de luz) e comprovante de matrícula escolar de crianças e jovens até 17 anos. O CAD Único é necessário para acessar e ser beneficiado pelos principais programas sociais do governo federal: o Bolsa Família, Aposentadoria para Pessoas de Baixa Renda, Carteira do Idoso e o Programa Minha Casa Minha Vida.

Newsletter

Gostaria de ficar por dentro das novidades da Associação São Joaquim? Preencha os campos ao lado e receba nossa newsletter.

Nossos Parceiros

Selo e Prêmio

(11) 4186-0520 | Estrada João Fasoli, 701 - Jardim Marilu, Carapicuíba-SP - CEP 06343000 | saojoaquim@saojoaquim.org.br

  • Instagram
  • YouTube
  • Facebook
  • Twitter